16/11/2015

Em nota de solidariedade às vítimas dos atentados de sexta-feira (13), o encontro sindical lamenta: "o povo francês paga com vidas a histórica política externa no Estado capitalista da França"

 

Participantes do Encontro Sindical Nuestra América emitiram hoje declaração sobre os atentados de 13 de novembro na França, manifestando total solidariedade com as famílias das vítimas e rechaçando os métodos utilizados pelo terrorismo sobre a população civil.

Estas ações fundamentalistas, alertam os sindicalistas, não podem ser vistas separadamente da política de agressão imperialista, via dominação, invasão ou anexação de territórios.

A declaração aponta para os massacres cotidianos dos povos assediados, como o caso histórico da Palestina, Líbano e Síria, com a imigração forçada de milhares, além de outros casos de agressão, como o bloqueio à Cuba, e aponta a responsabilidade da França, Europa, Otam e Estados Unidos, pelas políticas adotadas para o Oriente Médio.

Em solidariedade à população civil, o ESNa convoca os trabalhadores e o classismo mundial para lutar, sem tréguas, pela paz no planeta. Em nota de solidariedade, o encontro sindical lamenta: "o povo francês paga com vidas a histórica política externa no Estado capitalista da França" Confira a nota do ESNA

ESNA
          

SDS Bloco D - Ed. Eldorado Salas 106/109, SN - Asa Sul - 70392-901 - Brasilia - DF
Telefone: (061) 3225-2288

Codde Comunicação Digital